Crise mundial segura mecanização no campo e assegura empregos de canavieiros

O reflexo da crise financeira mundial – responsável pela redução da oferta de emprego em vários países – obrigou as usinas do setor sucroenergético a frear os investimentos previstos no processo de mecanização do campo em Alagoas. Com isso, a extinção de postos do trabalho já existentes do corte da cana, por conta da aquisição de novas máquinas colheitadeiras, foi evitada.