Vídeo em Destaque
Fetag Alagoas Realiza 3º Modulo Do Curso De Formação Da Enfoc
Alimentação Certa
Jovem Cidadão
10/4/2010 11:56:55 AM
Trabalhadores da zona canavieira ameaçam paralisação

Trabalhadores rurais da zona canavieira alagoana ameaçam paralisar as atividades por tempo indeterminado. O regime de contrato de trabalho na safra por tempo determinado seria o motivo da insatisfação da categoria.

“A maioria das usinas optou em fazer o contrato por tempo determinado. Os trabalhadores do campo foram prejudicados. Com este tipo de acordo, eles perdem alguns direitos trabalhistas, a exemplo do direito a aviso prévio, pagamento da multa de 40% e seguro desemprego”, acrescentou o secretário de Assalariados da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag/AL), Antonio Torres.

Segundo o dirigente da Fetag/AL, nas últimas semanas, a entidade vem tentando um diálogo com a classe patronal para evitada uma possível paralisação.

“Os trabalhadores estão querendo parar. Mas, estamos tentando evitar essa paralisação por intermédio de um canal de negociação com as usinas. A categoria está inquieta e a pressão é grande. A situação está virando uma verdadeira bola de neve”, reafirmou Antonio Torres.
O setor sucroenergético alagoano, formado por 24 usinas, emprega no período da safra mais de 120 mil trabalhadores que são filiados a 49 Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTTR). 

Rua Barão de Jaraguá, 488 - Jaraguá - Maceió/AL - Fone/Fax: (82) 3223-4649 | (82) 3326-7374
2010 FETAG/AL - Todos os Direitos Reservados