Secretários da Fetag-Al participam de reuniões de coletivos sindicais em Brasília

Diretores da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL) participaram esta semana, em Brasília, de uma série de reuniões dos Coletivos de Política Agrícola e Meio Ambiente; Juventude; Assalariados Rurais; Finanças e Administração; Formação e Organização Sindical e Mulheres da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).
Representaram a federação alagoana os secretários: Florisval Guedes, Finanças e Administração; Marielle dos Santos, Jovens; Rilda Alves, Políticas Agrícolas; Antonio Torres, Meio-ambiente; Cícero Domingos, Assalariados e Givaldo Teles, Organização e Formação Sindical, além de Leonardo Correia, Política Social.
O encontro nacional, que foi realizado na segunda e terça-feira passadas, reuniu representantes de todo o país e contou com a presença do presidente da Fetag-Al, Genivaldo Oliveira.
Pautas
Os Coletivos de Política Agrícola e de Meio Ambiente aconteceram conjuntamente. No encontro, foi destacado o cooperativismo e a agroindustrialização pela agricultura familiar. Na questão ambiental, o principal tema abordado foi a consequência da mudança climática na agricultura.
No Organização e Formação Sindical foi realizado um debate sobre representação e representatividade com foco na dissociação dos assalariados rurais no atual cenário nacional do sistema Contag.
Na reunião de Finanças e Administração os dirigentes aprofundam o debate sobre a Contribuição Sindical  Rural dos agricultores e agricultoras familiares.  
Na parte de Juventude, foram debatidas as demandas e estratégias da Juventude Rural para o Plano Nacional de Juventude e Sucessão rural; Informações sobre o Projeto e as demandas para a realização dos Encontros Regionais como meta em definir o calendário e programação dos Encontros.
Já o coletivo de Assalariados rurais foi feita uma avaliação do trabalho realizado nos primeiros seis meses de 2015 e o planejamento dos próximos meses do ano, além da realização do Congresso Nacional dos Assalariados e Assalariadas Rurais, além dos projetos que já estão em andamento, como o termo de cooperação com a Organização Internacional do Trabalho sobre combate ao trabalho escravo e também assuntos relacionados ao Plano Nacional dos Trabalhadores Assalariados (Planatre). 
O coletivo de Mulheres teve o objetivo de trabalhar os encaminhamentos finais da preparação da 5ª Marcha das Margaridas, que será realizada na primeira quinzena de agosto.
Obs,: Com informações da Ascom Contag