Protesto da Fetag-AL será realizado em sete municípios alagoanos

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL) informa que os protestos contra a reforma ministerial promovida pelo presidente em exercício Michel Temer, serão realizados em sete municípios do interior do Estado.
A mobilização, que ocorrerá de forma simultânea em todo o país, contará com a realização de atos públicos em frente as agências do INSS nas cidades de Murici, Atalaia, Palmeira dos Índios, São José da Tapera, Santana do Ipanema, Delmiro Gouveia e Arapiraca.
“Vamos fazer um ato pacífico. Não haverá ocupação das agências”, informou o secretário de Assalariados da Fetag-AL, Cícero Domingos, lembrando que a mobilização terá início a partir das 9h.
Os trabalhadores rurais reivindicam a volta do Ministério da Previdência que, após a reforma do governo Temer, foi anexado ao Ministério da Fazenda.
A mobilização será realizada em parceria com demais entidades do movimento sindical, por meio da Frente Brasil Popular. Para o movimento sindical rural, o fim dos ministérios da Previdência e do Desenvolvimento Agrário é visto como um retrocesso.