Mais de 25 mil trabalhadores do campo ficam desempregados na entressafra

A entressafra da cana teve início aqui no Estado e deixou milhares de trabalhadores do campo desempregados. De acordo com a Secretaria de Assalariados da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL), Cícero Domingos, cerca de 25 mil trabalhadores ficaram desempregados com o fim da safra.

Para que alguns trabalhadores não fiquem sem renda, foi criado em 2013 o Programa Amigo Trabalhador, com o objetivo de qualificar e dar uma ajuda a quem ficou sem emprego com o fim da safra e que não pode se habilitar em outros programas sociais ou receber benefícios, como o seguro desemprego. O benefício é pago pelo governo estadual. 

“O Programa Amigo Trabalhador beneficiará, este ano, cerca de 2 mil trabalhadores, com quatro parcelas de R$ 130, valor final de R$ 520 para cada trabalhador”, apontou Cicero Domingos.

A Fetag-AL aguarda, ainda, a publicação do decreto do governo estadual para que seja realizado o cadastro desses trabalhadores e liberado o recurso. 

O secretário de Assalariados da entidade explica que existe, também, uma proposta para que o número de beneficiados e o valor pago sejam ampliados.“Estamos trabalhando para que ano que vem esse número seja ‘aumentado’, tanto de trabalhador quanto o valor, que está defasado”, afirma Cícero Domingos.