Fetar-AL cobra condições de funcionamento para a Superintendência do Trabalho em Alagoas

9/2/2017 3:57:44 PM
Fetar-AL cobra condições de funcionamento para a Superintendência do Trabalho em Alagoas

A Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Alagoas (Fetar-AL) participou, esta semana, de uma manifestação realiza, no Centro de Maceió, em parceria com a CUT e auditores fiscais, além de demais entidades do movimento sindical, a exemplo da Fetag-AL, em defesa da Superintendência Regional do Trabalho que está com o prédio interditado por falta de condições de funcionamento.
“O local onde funcionava a sede do órgão está velho. Tem dois meses que ele foi interditado. As atividades foram transferidas para algumas salas para um edifício próximo, mas que não têm condições de atender a demanda da superintendência. Os serviços estão parados”, declarou o presidente da Fetar-AL e secretário de Assalariados Rurais da Fetag-AL, Cícero Domingos.
De acordo com ele, a mobilização foi realizada com o propósito de sensibilizar a sociedade e as autoridades quanto aos problemas enfrentados pela Superintendência Regional do Trabalho em Alagoas.
“O Governo Federal, que é o responsável, tem que locar outro prédio e fazer a reforma da sede. Os servidores do órgão não têm condições de trabalhar. Com isso, documentos importantes para o trabalhador, a exemplo de Carteira de Trabalho, estão com a emissão prejudicada”, finalizou Domingos.

” “1591675578-223”