(FETAG EM AÇÃO) FETAG/AL e Contag realizam mais uma Oficina de Base da segunda etapa com os pólos Alto Sertão, Médio Sertão e Bacia Leiteira

Reunidos em Arapiraca com dirigentes sindicais dos pólos Alto Sertão, Médio Sertão e Bacia Leiteira, a FETAG/AL e a Contag realizaram mais uma Oficina de Base. Em todo o país a Contag tem realizado junto com as federações e os STTRs a segunda fase das oficinas de base para dialogar com os dirigentes sindicais sobre suas demandas e sobre o planejamento de ações para a construção do Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário – PADRSS.

Em Alagoas os 80 participantes puderam dialogar sobre a realidade dos pólos do sertão alagoano bem como sobre a conjuntura político-social que envolve o estado e o país no contexto do Movimento Sindical dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares (MSTTR). A Contag foi representada por Edjane Rodrigues, secretária de políticas sociais; Mônica Bufon, secretária de jovens; e Antônio Oliveira, secretário da terceira idade; além dos assessores Ivo Lourenço, Ronaldo Ramos e Socorro Simas que fizeram um resgate das oficinas anteriores no processo realizado em 2019 antes da pandemia mundial de Covid-19.

Também participou da oficina toda a diretoria da FETAG/AL, representada por Givaldo Teles, presidente; Leonardo Correia, vice-presidente; Claudia Pereira, secretária geral; Genivaldo Oliveira, secretário de administração; Raquel Braz, secretária de mulheres; Rilda Alves, secretária de políticas sociais; Robério Oliveira, secretário de formação e organização social; Cícera Gomes, secretária de políticas agrícola; Elizabete Barbosa, secretária de jovens; e Silvio Bezerra, secretário da terceira idade.

 Durante o evento a reflexão sobre a realidade do movimento sindical rural foi intensa e dialogada através de plenárias e trabalhos em grupo para o levantamento das demandas e a elaboração das proposições e compromissos do MSTTR/AL. Os compromissos firmados e as ações elencadas servirão de base para o planejamento da federação e dos pólos sindicais a partir do segundo semestre.

Devido à onda nacional de aumento de casos de contaminação por Corona vírus, ainda em 2022, os participantes foram motivados a utilizar mascara de proteção individual durante todo o evento e, numa parceria entre o STRR de Arapiraca, a Fetag e a Secretaria Municipal de Saúde, foram realizados 80 testes de Covid-19 e NENHUM dos participantes testou positivo para a presença do vírus.

Equipe de profissionais da saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Arapiraca estiveram presentes na oficina e realizaram 80 testes de Covid-19 nos participantes do evento

Um depoimento marcante foi o de Maria Luciana Leite, jovem e agricultora familiar de município de Ouro Branco, declarando que o trabalho no sindicato e na labuta diária em sua horta lhe salvou de uma depressão que já duravam 02 anos.

“Hoje eu estou viva para contar minha historia graças a Deus e ao sindicato de Ouro Branco que abriu as portas e me acolheu. A Lidiã, o Damião e a Edjane foram à minha casa e me animaram em momentos difíceis onde pensei em tirar a própria vida. Hoje sou outra pessoa. Quantos dos nossos jovens estão lá na zona rural precisando de uma oportunidade como esta? Quero dizer que a minha cura da depressão foi graças ao movimento sindical e as minhas hortas em casa. No dia em que amanheço sem coragem eu sei pra onde eu vou buscar forças: no movimento sindical e nas minhas hortas”, enfatizou a jovem agricultora.  

Maria Lúcia Leite, jovem agricultora familiar afirma que o trabalho no movimento sindical e seu trabalho diário com sua horta a resgatou de uma depressão

Para Edjane Rodrigues, secretária de políticas sociais da Contag, este processo de escuta e planejamento é fundamental para a construção do projeto de país que queremos daqui para frente. “Neste momento da oficina a gente faz uma leitura coletiva e aprofunda nossa visão da realidade. Todos os 03 grupos apontaram para a carestia dos alimentos e as desigualdades sociais que se ampliaram com a pandemia e nós percebemos que isto vem desde 2018 com o programa ‘Ponte para o Futuro’ e com este modelo político-econômico que está em curso. É importante percebermos isto, pois este ano iremos vivenciar uma disputa de narrativas nas eleições e como lideranças e formadores de opiniões que somos, precisamos discutir e pautar nosso projeto de governo e de país para a sociedade” pondera Edjane Rodrigues.

Já Givaldo Teles, presidente da FETAG/AL aponta o caráter participativo e solidário da oficina e agradece a presença de todos e todas no evento. “Quero primeiro agradecer a Deus por estarmos todos partilhando saberes e fazeres nestes momentos vivenciados. Agradecer a todos da diretoria da Contag e assessoria, agradecer também a todos os diretores da Fetag, a nossa assessoria, aos sindicatos dos pólos. Quero dizer que este compromisso assumido aqui por todos será encaminhado por mim e pela diretoria da federação, assim como qualquer ajuda a qualquer dirigente ou sindicato podem contar comigo e com a Fetag”, concluiu o presidente Givaldo Teles.

FETAG/AL EM DEFESA DA AGRICULTURA FAMILIAR EM ALAGOAS!!!

Confira agora algumas imagens do evento: