Fetag-AL realiza reunião com lideranças sindicais da zona canavieira

A Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL) reuniu nesta quarta-feira, 08, lideranças da zona canavieira para discutir as propostas para o acordo coletivo de trabalho 2010/2011. O encontro, que foi realizado no Centro Social da Federação, localizada no bairro de Mangabeiras, contou com a presença de representantes de 45 sindicatos rurais do Estado. O trabalho foi coordenado pelo presidente da Federação, Genivaldo Oliveira. “Apresentamos e votamos as propostas que foram encaminhadas pelos sindicatos da zona canavieira. O documento será elaborado e enviado aos sindicatos para que eles realizem assembléias, no próximo dia 26, para aprovar a pauta”, acrescentou o secretário de Assalariados da Fetag-AL, Antônio Torres. De acordo com Torres, o percentual de reajuste que será solicitado pela categoria só será definido após a realização das assembléias realizadas pelos sindicatos. “Um dia após as assembléias, vamos juntar todo o material aprovado e no prazo de até dois dias notificar o Sindaçúcar-AL e as empresas. A partir daí, vamos aguardar o posicionamento das patronais para dar início ao processo de negociação”, frisou o secretário, lembrando que a data-base da categoria é em novembro. Hoje, o salário do trabalhador rural canavieiro é de R$ 523. “Apesar de não ter nada definido, a nossa pretensão salarial de reajuste prevê um salário superior a R$ 600. Segundo o setor, vamos ter uma safra boa e de crescimento. Por isso, não tem como as usinas não darem aumento”, acrescentou Torres. Na reunião, também foram discutidas questões referentes a moradia de acordo com as exigências da NR31, além de estabilidade para trabalhadoras rurais gestantes, entre outros itens.