Fetag-AL mobiliza mais de cinco mil trabalhadores para participar do Grito da Terra Alagoas

Com uma pauta de reivindicação composta por mais de 40 itens, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL) realiza na próxima quarta-feira, 20, o Grito de Terra Alagoas (GTA).
A mobilização, que pretende reunir mais de cinco mil trabalhadores rurais na capital alagoana, tem a concentração está prevista para às 08 horas, no estacionamento de Jaraguá.
De acordo com a Fetag-AL, o ato público contará com representantes dos 100 Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Alagoas (STTR). 
Após a concentração, carregando faixas e cartazes os trabalhadores seguirão pela 
Avenida da Paz em direção ao centro de Maceió, pela Rua do Sol, até o Palácio Museu Floriano Peixoto.
“Vamos nos reunir na Praça dos Martírios até que uma comissão seja recebida pelo governador Renan Filho. A nossa pauta já foi entregue ao governo. Agora, queremos negociar cada um dos 42 itens. Fomos informados que os secretários de Estado também irão participar da audiência”, afirmou o secretário de Assalariados da Fetag-AL, Cicero Domingos.
Nacional
No dia seguinte, 21, representantes de todos os estados brasileiros estarão em Brasília participando do 21º Grito da Terra Brasil com a proposta de cobrar do Governo Federal políticas públicas voltadas ao desenvolvimento da agricultura familiar e a melhoria da qualidade de vida do homem do campo.
Promovido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), dirigentes sindicais debaterão com o governo Dilma Rousseff uma pauta conjunta de reivindicações elaborada nas bases do movimento sindical rural e que já foi entregue, oficialmente, ao Governo Federal.