Fetag-AL entrega pautas do Grito da Terra Alagoas ao governo do Estado

Uma pauta com 23 itens nas áreas de assalariados, políticas agrárias, sociais e agrícolas, além de terceira idade, juventude, mulher e do meio ambiente, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL) entregou ao governo do Estado a pauta de reivindicação do Grito da Terra Alagoas 2013.
“A pauta foi entregue no dia 22 de abril com a solicitação de uma audiência com o governador Teotonio Vilela Filho. Estamos esperando uma resposta do governo marcando uma data para a reunião que dará início ao processo de negociação”, informou a secretária de Geral da Fetag-AL, Maria do Ó do Nascimento.
A audiência entre as lideranças do movimento sindical rural e o governador Teotonio Vilela Filho, contará com a presença de cada um dos secretários da Fetag-AL, além dos coordenadores dos nove polos sindicais rurais existentes em Alagoas.
Caso o governo não dê início à negociação ou ela não avance, a entidade de classe está com a categoria mobilizada para a realização de um ato público que poderá ser realizado na capital alagoana. “Se a negociação não der certo, vamos trazer os trabalhadores para as ruas. Estamos mobilizados”, alertou a secretária da Federação.