Fetag-AL comemora conquistas de 2015

Apesar das dificuldades enfrentadas pelo movimento sindical rural, o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL), Genivaldo Oliveira, considerou 2015 um ano com retrospecto positivo.
“Tivemos uma campanha salarial boa, a realização do Grito da Terra Alagoas e as conquistas relacionadas a aquisição de alimentos com R$ 18 milhões em projetos para a comercialização dos produtos da agricultura familiar, além da nossa reestruturação e eleições realizadas com transparência. Chegar ao fim do ano com a casa cheia, é reflexo de um trabalho sério desenvolvido pela Federação”, afirmou dirigente sindical.
Segundo ele, para 2016, a direção da entidade de classe a nível nacional já estabeleceu algumas ações para o próximo ano. “Já foram definidas como ações de luta de massa com uma grande mobilização a defesa da agricultura familiar e dos assalariados e da reforma agrária. Serão algumas das bandeiras levantadas em 2016”, afirmou Oliveira.
De acordo com Oliveira, o momento é de desafios e de esperança para 2016. “Neste sentido, a gente só tem a agradecer aos trabalhadores rurais de Alagoas. Apesar dos problemas e das dificuldades, que todos tenham um feliz natal e um próspero ano novo”, desejou o presidente da Fetag-AL, Genivaldo Oliveira.