Fetag-AL altera estatuto e se torna entidade específica da agricultura familiar

Com o propósito de promover uma reestruturação do movimento sindical rural no Estado, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Alagoas (Fetag-AL) promoveu uma reunião do Conselho Deliberativo, realizada nesta quinta-feira, 17, no centro social da entidade de classe, onde também foi feita uma avaliação das ações desenvolvidas em 2015.
“Para nós da Fetag-AL não foi um ano fácil, mas chegamos ao fim dele com resultados positivos. O último é o que ratifica do estatuto da entidade para se tornar uma federação específica para a agricultura familiar”, declarou o vice-presidente da Fetag-AL, Robério Pereira.
Segundo o dirigente sindical, a partir do próximo ano, serão iniciados os trabalhos para a organização e fundação de uma Federação de Assalariados Rurais do Estado de Alagoas. “Fechamos o ano com perspectivas de muito trabalho para 2016”, reforçou.
De acordo com o secretário de Assalariados da entidade de classe, Cícero Domingos, a nível nacional, a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) também promoveu, este ano, o mesmo processo de reorganização da sua estrutura.
“Já existe uma Confederação Nacional de Assalariados Rurais. No país, 23 federações já tomaram a mesma iniciativa. Muitas optaram para se organizar na agricultura familiar e criar outra de assalariados, enquanto outras o inverso”, esclareceu Domingos.
Para avaliar as metas previstas para o quadriênio, no período de 18 a 22 de janeiro, toda a diretoria da Fetag-AL estará reunida para fazer uma avaliação do planejamento do mandato da atual gestão, aliando as ações para o próximo ano.