Falta de chuva frustra expectativa de trabalhadores na recuperação do setor

2/17/2017 6:01:16 PM
Falta de chuva frustra expectativa de trabalhadores na recuperação do setor

Com uma produção abaixo da esperada para a safra 16/17, provocada pela estiagem prolongada, a expectativa de um ciclo de recuperação, que era nutrida pelos trabalhadores rurais assalariados, acabou sendo frustrada pelo baixo desempenho da moagem.
“A gente esperava que fosse um ciclo maior que o registrado na moagem passada. Mas, por conta dessa seca, o canavial não desenvolveu. A cana começa a ser cortada nos meses de setembro e outubro. As plantas que ficam no campo continuam crescendo para ser cortada no meio para o fim da safra e precisam de chuva para desenvolver, o que não ocorreu”, esclareceu Cícero Domingos, secretário de Assalariados Rurais da Fetag-AL.
Segundo o dirigente sindical, há uma previsão de que a safra repita os números de produção do ciclo anterior. “Mas, também pode até ser um pouco menor. A moagem foi muito curta e já temos seis usinas paradas das 16 que participaram desta moagem. Foram apenas quatro meses de safra”, afirmou.
De acordo com Domingos, a última esperança do setor para que a safra tivesse uma produção superior a da safra 15/16 era a ocorrência de chuvas nos meses de dezembro e janeiro. “Infelizmente, isso não aconteceu”, finalizou.

” “1591675112-147”