Começa negociação da campanha salarial 15/16 dos trabalhadores rurais canavieiros

Com uma proposta de reajuste salarial de 20% e com mais de 15 dias de atraso, já que a data base dos trabalhadores rurais canavieiros é 1º de novembro, teve início esta semana a primeira reunião da rodada de negociação da campanha salarial 15/16.
“Essa primeira reunião serviu para que fosse assegurada a data base. Os dirigentes sindicais das nossas bases já estavam inquietos sem que tivesse sido iniciada a negociação da campanha salarial”, afirmou o secretário de Assalariados da Fetag-AL, Cícero Domingos.
Com isso, segundo ele, foi elaborado um calendário de reuniões para a negociação entre trabalhadores e representantes da classe patronal formada pela Federação da Agricultura, Asplana e Sindaçúcar-AL.
De acordo com o secretário da Fetag-AL, os próximos encontros serão realizados na segunda-feira, 23, e quinta-feira, 26. 
“Durante nos próximos dias, a classe patronal estará se reunindo para apresentar na semana que vem uma proposta concreta. Nosso intuito é tirar o atraso da negociação com estas reuniões. Queremos avançar o mais rápido possível para finalizar a campanha salarial 15/16”, afirmou Domingos.
O dirigente sindical afirmou ainda que, independente da data em que será finalizada a campanha salarial, o reajuste que for conquistado será retroativo a 1º de novembro. “Vamos cobrar isso com rigor dos patrões para que os trabalhadores não sejam prejudicados”, finalizou.