Fetag-AL alerta para desemprego no campo por conta da quebra de safra

As dificuldades enfrentadas pelas usinas em decorrência da crise financeira que atravessa o país vêm sendo agravadas também pela falta de chuva na região canavieira. Diante deste quadro pouco animador, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas (Fetag-AL) já trabalha com a previsão de quebra de safra superior a cinco milhões de toneladas de cana.